LabUnit M10 | Alfa Laval

LabUnit M10

Com uma área de membrana de apenas 336 cm², o Alfa Laval LabUnit M10 é o menor e mais compacto equipamento de filtração de membranas de fluxo cruzado. Totalmente integrado e fácil de usar, é versátil o suficiente para triagem de membrana, pesquisa, desenvolvimento de processo e treinamento. Ele pode ser usado com toda a linha Alfa Laval de membranas de chapa plana MF e UF e pode testar 2 tipos diferentes de membrana simultaneamente, tornando-o uma ferramenta eficaz para a seleção inicial de membranas de microfiltração ou ultrafiltração.

labunit m10 left side 640x360

Equipamento de laboratório totalmente integrado e fácil de usar para testes de filtração por membrana

  • Flexível e totalmente integrado - com o módulo, bomba, tubulação, válvulas, trocador de calor e instrumentação LabStakTM M10
  • Fácil de usar - pequeno volume de mídia de teste, troca simples de membranas e placa transparente para observação do fluxo cruzado
  • Temperatura operacional alta (80°C)
  • Adequado para aplicações de processamento de alimentos e farmacêutico - os componentes estão em conformidade com os regulamentos da FDA e CEE

O versátil Alfa Laval LabUnit M10 é adequado para testar volumes de até 1-3 litros. Ele pode ser usado com a linha completa de membranas de microfiltração e ultrafiltração da Alfa Laval.

 

Alfa Laval LabStak® M10

A unidade Alfa Laval LabStak® M10 instalada no Alfa Laval LabUnit M10 também está disponível como unidade de teste separada para as mesmas aplicações que o Alfa Laval LabUnit M10 e com as mesmas propriedades distintas.

labstak m10 left side 640x360

Detalhes do produto

Veja dados técnicos, componentes, conexões, dimensões e mais detalhes do Alfa Laval LabStak M10 e Alfa Laval LabUnit M10.

pressure gauge 1920x480

Como funciona

.
LabUnit M10 flow diagram

O fluxo de alimentação/retentado flui através dos canais abertos através da superfície da membrana na unidade de placa e estrutura chamada Módulo LabStakTM M10.

A membrana é suportada por placas ocas com inúmeras ranhuras que permitem que o permeado seja coletado e removido da unidade através dos tubos coletores de permeado.

As unidades de placa e estrutura usam a própria membrana, auxiliada por anéis ou tiras de bloqueio, para vedar a alimentação/reter e impedir qualquer mistura com o permeado. Isso também evita vazamentos da própria chapa.